Menu

Diário de Riachão Diário de Riachão Author
Title: Lagoa D`Anta-RN. TRAGÉDIA - Após assassinar ex-companheira, acusado é encontrado morto
Author: Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
LAGOA D'ANTA-RN Aproximavam-se das 22h00 da última sexta-feira (10). Moradores da pacata cidade de Lagoa D`Anta, localizada ...
LAGOA D'ANTA-RN
Aproximavam-se das 22h00 da última sexta-feira (10). Moradores da pacata cidade de Lagoa D`Anta, localizada no agreste potiguar, jamais pensariam que aquela noite ficaria marcada para sempre, como sendo o inicio de uma tragédia.

Pelas ruas da cidade o jovem Ayslan Breno Bezerril de Oliveira, de 21 anos, conduzia um veículo Montana, de placas não identificadas. Breno foi até a residência da família de sua ex-esposa que, foi informado que a jovem estava na casa de uma tia. Destinado a encontrá-la, Breno se dirigiu até a casa da tia de sua ex-companheira.

De acordo com informações de populares. Breno chamou sua ex-companheira e teve início uma curta conversa. De dentro do veículo, Breno sacou uma arma e efetuou vários disparos contra a vítima que caiu no local.

Dayana Teixeira Lopes, de 18 anos, foi socorrida as pressas para o hospital regional de Santo Antônio, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. 

Após efetuar os disparos Breno ligou para um amigo e pediu que fosse levado uma moto para  uma determinada Rua porque iria sair com uma garota. O acusado deixou o veículo Montana e empreendeu fuga na Moto NXR Honda, cor Laranja, placa NNS 9593-RN. A polícia foi acionada, iniciou as buscas, mas não logrou êxito.

Na manhã deste Domingo (12) uma senhora que costumeiramente vai ao cemitério, percebeu um corpo caído ao chão. Ao se aproximar a surpresa. O homem estava morto e do lado, um revolver. A senhora contou que pensou que o responsável pela morte daquele homem pudesse estar por perto, por isso, deixou o cemitério e voltou para a sua casa.

A polícia foi informada que a moto usada na fuga do acusado de assassinar Dayane, estava estacionada em frente do cemitério, ao tomar conhecimento da presença de um corpo no local, não havia dúvidas; era o corpo de Breno.

A suspeita foi confirmada e o ITEP acionado para a remoção do corpo do jovem. O  revolver calibre 38, utilizado para o crime,  estava com cinco capsulas de  bala. Quatro intácta e  uma deflagrada.

Breno foi atingido por um disparo de arma de fogo na boca. Para a polícia, a cena é típica de suicídio, muito embora a família do acusado levante uma suspeita. A arma estava na mão esquerda do jovem. De acordo com parentes, Breno não era canhoto. O fato da arma está presa as mãos do suicida, também levantou uma suspeita. Com a força do disparo, certamente a arma teria sido projetada das mãos do suicida. A polícia científica esteve no local, fez a perícia e deve elucidar o caso.

O corpo de Breno ainda estava no local, quando o de Dayana passou para ser sepultado.  Cena inesquecível.

A vida do casal

Dayane e Breno eram primos. A  jovem ainda tinha 12 anos quando se apaixonou por Breno. Foram momentos de  paquera e de muita paixão. As noites estreladas e canções apaixonadas deram  uma  tonalidade romântica a vida dos  dois. Anos depois o sentimento que os envolvia fez com que se casassem.

Já casados começaram as crises. De acordo com amigos do casal, as brigas eram constantes e mesmo com um filho, o casal resolveu se  separar.

A separação teria sido um problema para a vida dos dois. Breno sempre encontrava uma forma de pressionar a volta do relacionamento. Nos últimos dias, Dayane teria resolvido dá um basta no relacionamento e cortado todo contato. Informações dão conta de que a jovem estaria com um novo relacionamento e que, o rapaz estaria chegando neste sábado (11). Esta teria sido a razão para o ataque de fúria de Breno.

O casal deixou uma criança de 3 anos de idade.


Local onde ocorreu os disparos contra Dayane

Moto usada  para fuga



Por Júnior Campos
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top