Menu

O Diário de Riachão O Diário de Riachão Author
Title: DONA INÊS. Jovem entrega carta à irmã afirmando que iria cometer suicídio
Author: O Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
Dona Inês Um drama que mobilizou toda uma região. Um dia de tensão e expectativa. Domingo, 11 de Março de 2012. Ainda era cedo. N...
Dona Inês

Um drama que mobilizou toda uma região. Um dia de tensão e expectativa.

Domingo, 11 de Março de 2012. Ainda era cedo. Não passava das 06h00 quando Manoel Viana Maciel dos Santos, de 16 anos, residente em Oiticica, há cerca de km da cidade, entrou no quarto de uma das suas irmãs e lhe entregou uma carta. Na carta uma surpresa. Manoel narrava um suicídio que iria cometer.

A menina demorou a comunicar sua mãe. Tempo suficiente para que o jovem saísse sem deixar rastros, levando consigo uma corda.

Ao tomar conhecimento das palavras escritas na carta, a dona de casa, conhecida como Dadá, entrou em desespero e passou a procurar pelo filho. Vizinhos também se juntaram as buscas.

Através da emissora de Rádio, Talismã FM (99,3), toda a região se mobilizou para tentar encontrar o adolescente, ainda com vida, ou mesmo o seu corpo. Foram horas de buscas, sem sucesso.

Passadas mais de dez horas de ininterruptas buscas, a surpresa.

O grupo de voluntários já estava desistindo quando um dos populares localizou Manoel Viana. O jovem foi localizado embaixo de um pé de Umbu.

Manoel não quis voltar para sua casa. Um amigo do estudante lhe levou água e comida. Sem querer conversa com a mãe, o adolescente deu como resposta pela atitude tomada, o silêncio.

De acordo com Dadá, Manoel ficará na casa de familiares até que se resolva o drama familiar. O jovem deve ser acompanhado pelo Conselho Tutelar do município.

O que pode ter motivado a atitude


 
Nos últimos dias Manoel Viana vem apresentando um comportamento rebelde. O jovem não comparece a sala de aula e fala em envolvimento com pessoas erradas. Desobediente e violento nas palavras, Manoel vem causando preocupação em sua mãe.

Na noite do sábado (10), em uma nova discussão, a mãe do jovem teria dito que se seu comportamento não mudasse ela iria pedir ajuda da polícia e do Conselho Tutelar para apresentá-lo ao juizado da infância e da juventude.

Em um dos trechos escrito na carta, Manoel diz que não dá mais pra viver com a família e que prefere morrer ao ser preso.



Júnior Campos
Imprimir
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top