Menu

Diário de Riachão Diário de Riachão Author
Title: Homenagem de Wellington Rafael ao poeta Ronaldo Cunha Lima
Author: Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
Homenagem A Paraíba perdeu no último dia 07/07/2012, vitimado por um câncer de pulmão, um de seus maiores baluartes da história públic...
Homenagem

A Paraíba perdeu no último dia 07/07/2012, vitimado por um câncer de pulmão, um de seus maiores baluartes da história pública deste estado, tendo durante sua trajetória política exercido diversos cargos, vereador, prefeito, deputado estadual, deputado federal, senador e governador, além de ser um dos grandes nome da poesia paraibana. Ronaldo José da Cunha Lima, nasceu aos 18 de março de 1936, em Guarabira - PB, tendo passado grande parte de sua infância no sítio "Cacimba do Gado", zona rural do município de Araruna, de onde seu pai Demóstenes da Cunha Lima foi prefeito.
 
Homenagem ao poeta Ronaldo Cunha Lima
Ronaldo Cunha Lima (1982).
 Fonte: g1.globo.com

Ronaldo o criador do "Maior São do Mundo" em Campina Grande - PB.
Fonte:  http://cgretalhos.blogspot.com.br
Ronaldo porém, perdeu seu pai muito cedo, e cedo também demonstrou talento na composição de poesias onde "Conversando com meu pai" foi uma das mais bonitas, relembrando o amor e carinho que possuía por seu genitor, Ronaldo junto de sua mãe Dona Nenzinha Cunha Lima e irmãos, foram para Campina Grande, de onde avida do mesmo mudou completamente, talvez guiado pela predestinação, ou simplesmente por ser um lutador da vida, Ronaldo desde jovem mostrou que tinha talento com a comunicação, e uma veia política forte, estudou no Colégio Pio X e no Colégio Estadual da Prata, se formou com muito sacrifício em Ciencias Jurídicas pela UFPB, trabalhou de jornaleiro, garçom, e posteriormente na Associação Comercial de Campina Grande, na Rede Ferroviária Federal do Nordeste e em um cartório. Casou-se com Dona Maria da Glória Rodrigues da Cunha Lima, com quem teve quatro filhos: Ronaldo Cunha Lima Filho, Cássio Cunha Lima, Glauce Cunha Lima e Savigny Cunha Lima.

 
 
O jovem Ronaldo discursando na campanha 1959.
Fonte: lenildoferreira.com.br
Ronaldo empossando seu filho e sucessor Cássio Cunha Lima em 1989
Fonte:  http://cgretalhos.blogspot.com.br
Ronaldo discursando no senado (1994).
Fonte: g1.globo.com.br
José Maranhão e Ronaldo Cunha Lima em 2001.
Fonte: g1.globo.com
Antonio Mariz, Marcel da Prata e Ronaldo Cunha Lima em 1994.
Fonte:  http://zabeleverdade.blogspot.com.br
Governador José Maranhão entregando medalha "Antonio Mariz"
 ao Senador Ronaldo Cunha Lima (1998). 
Fonte: blogdovictor.clickpb.com.br

Presidente Lula com a camisa do Treze F.C ao lado de Ronaldo e Cássio Cunha Lima (2003).
Fonte:  http://www.trezegalo.xpg.com.br
          
                           Ronaldo na posse de seu filho Cássio Cunha Lima como governador da Paraíba (01/01/2003).
Fonte:   g1.globo.com

A atuação política de Ronaldo inicia quando ele ainda era estudante, tendo sido Vice-presidente do Centro Estudantil Campinense, foi vereador de Campina Grande, e eleito prefeito no ano de 1968, foi cassado pela Ditadura Militar em 1969, passando a atuar como advogado em São Paulo e Rio de Janeiro, retornou após a anistia em 1982, sendo reconduzido a prefeitura de Campina Grande, onde teve como maiores feitos a construção do Parque do Povo, idealizado por Enivaldo Ribeiro seu antecessor, e a criação do "Maior São João do Mundo". Foi eleito governador da Paraíba em 1990, Senador da República em 1994, Deputado Federal em 2002 e encerrado a carreira política em 2006,  reeleito como deputado federal.
 
 
Ronaldo Cunha Lima foi um grande estudioso da obra do poeta paraibano Augusto dos Anjos, habilidoso no traquejo com as palavras não apenas na política, escreveu diversos livros como: 50 canções de amor e um poema de espera (1955), Breves e leves poemas (2005), Sal no rosto (2006), Poemas de sala e quarto (1992), só para ilustrar algumas de suas obras.

Ronaldo Cunha Lima e Tarcisio Burity década de 1990.
Fonte:  http://paraibahoje.wordpress.com

 
 
Diante desta brilhante trajetória, situo como a única mancha no  passado de Ronaldo Cunha Lima a tentativa de homicídio ao também ex-governador Tarcisio de Miranda Burity, enquanto ainda Ronaldo estava na titularidade do cargo de governador da Paraíba, alegando defesa da honra de sua família, disparou três tiros contra seu adversário em um restaurante em João Pessoa, no caso que ficou conhecido como "Gulliver".

Ronaldo Cunha Lima.
Fonte:  clickconexao.blogspot.com 
Ronaldo e Cássio Cunha Lima Fonte:  blogdotiaolucena.com.br 
A trajetória de Ronaldo Cunha Lima, externa trabalho, busca por objetivos, e vitórias alcançadas com esforço e dedicação, onde o poeta passou de jornaleiro a vendedor, de garçom a senador, passou por quase todos os cargos que se pode disputar, não tendo sido somente Presidente da República. A Paraíba sofreu certamente uma grande perda, uma lacuna irreparável, fiquemos com o exemplo de vida de batalha por suas metas de vida e sonhos, e com as palavras de seu filho e herdeiro político o Senador Cássio Cunha Lima, que com muita lastimação anunciou que perdemos o grande poeta Ronaldo Cunha Lima: "O poeta, após uma vida digna, descansou".

Ronaldo candidato a deputado estadual
Fonte:  http://cgretalhos.blogspot.com.br 

Ronaldo candidato a prefeito de Campina Grande em 1982. Fonte:  http://cgretalhos.blogspot.com.br
 
 



Ronaldo Cunha Lima candidato a Governador da Paraíba em 1990. Fonte:  http://cgretalhos.blogspot.com.br

Por Wellington Rafael
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top