Menu

Diário de Riachão Diário de Riachão Author
Title: Ministério de Minas Energia revela que 'apagão' no NE foi provocado por queimadas
Author: Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
O Ministério de Minas e Energia informou por volta das 19h, que o ‘apagão’ iniciado as 15h27, desta quarta-feira (28), foi provocado por...
O Ministério de Minas e Energia informou por volta das 19h, que o ‘apagão’ iniciado as 15h27, desta quarta-feira (28), foi provocado por queimadas e consequente desligamento da linha de transmissão de 500 KV Ribeiro Gonçalves no município de São João do Piauí, distante a 516 quilômetros da capital Teresina. 
“Na sequência, também devido a queimada, foi desligada a segunda linha Ribeiro Gonçalves-São João do Piauí, circuito 1, da Taesa, empresa controlada pela Cemig, configurando, segundo o Operador Nacional do Sistema (ONS), uma contingência dupla, causando a separação da região Nordeste do restante do Sistema Interligado Nacional (SIN)”, explicou o informativo.

Após três horas do início do ‘apagão’, pelo menos 90% dos municípios da Paraíba já estavam com a energia reestabelecida. De acordo com a Energisa, a interrupção de energia foi decorrente de problemas no Sistema Interligado Nacional de Geração e Transmissão de Energia, que atingiu todos os estados da  Região Nordeste do País. 
Ainda segundo a Energisa, a recuperação está sendo procedida com conclusão total prevista para as próximas horas.
Aos poucos, a partir das 16h40, a energia foi sendo reativada em alguns bairros de João Pessoa, Capital paraibana. A assessoria da Chesf (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco) informou que o apagão foi provocado por uma empresa particular de energia elétrica durante o pico de alto intercâmbio de energia para o Nordeste. A paralisação no abastecimento de energia foi considerada de grande porte.
O trânsito na cidade ficou complicado, com todos os sinais apagados. Na avenida Rui Carneiro em João Pessoa, um carro da polícia se envolveu em um acidente com outro veículo. Minutos depois outra colisão entre um caminhão e um carro foi registrada a poucos metros do primeiro caso, ou seja, na mesma avenida.
Em Campina Grande, o fornecimento de energia voltou em apenas alguns bairros, a exemplo do Catolé. Já os municípios de Itabaiana e Alagoinhas ainda se encontram às escuras. De acordo com o rádio patrulha da Cagepa, Fábio Bernardo, a interrupção se deve também a escassez de água nos reservatórios que abastece tais regiões.
“Na Paraíba, o fornecimento de energia está sendo normalizado de forma gradativa, entretanto algumas cidades ainda continuam sem energia. O problema é alguns reservatórios já têm mais tanta água como antes, dificultando a produção imediata”, explicou."É importante que a população se atente no gasto desnecessário para evitar outros casos como este", concluiu.
A Energisa informou ainda que a prioridade é solucionar o problema com um remanejamento da carga elétrica para restabelecer o abastecimento, para depois averiguar as causas do apagão.
Às 16h50 já haviam registros de retorno da energia em bairros da capital paraibana, como Treze de Maio (região Norte da cidade), Tambaú (na orla), Castelo Branco (região Sul) e no Centro da cidade. Os semáforos também voltaram a funcionar nas duas principais avenidas de João Pessoa - Epitácio Pessoa e Beira Rio.

Com semáforos apagados, carro da polícia se envolve em acidente na Avenida Rui CarneiroFoto: Com semáforos apagados, carro da polícia se envolve em acidente na Avenida Rui Carneiro
Créditos: Aguinaldo Mota
A assessoria da Chesf em Recife (PE) adiantou que não havia ainda qualquer informação sobre o que teria motivado esse novo apagão no Nordeste. Pelas redes sociais, internautas informavam que a Paraíba , Pernambuco, Ceará, Sergipe, Alagoas, Bahia e Maranhão estavam às escuras.
Foram identificados problemas ainda na rede de serviço de telefonia móvel nas operadoras Tim e Claro, possivelmente em decorrência da falha na transmissão de energia.
O último apagão que atingiu o Nordeste foi registrado no dia 12 de agosto e deixou cerca de 150 mil pessoas sem luz na capital paraibana.
No dia 20 de novembro de 2012, outro apagão já tinha deixado toda a região Nordeste às escuras.
Nesta quarta, pelas redes sociais, os internautas confirmaram a falta de energia em seus respectivos estados. 

Portal Correio
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top