Menu

Diário de Riachão Diário de Riachão Author
Title: Crônica de Dr. delícia: “O PALHAÇO!”
Author: Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
Dr. Delícia é carioca, com formação em Administração, especialização em Seguros pela FUNENSEG/RJ, Artista Plástico, membro da (ACEP) Associ...
Dr. Delícia é carioca, com formação em Administração, especialização em Seguros pela FUNENSEG/RJ, Artista Plástico, membro da (ACEP) Associação dos Cronistas Esportivos da Paraíba, membro da (ACI) associação Campinense de Imprensa.
Devorador de filmes, músicas, livros, pinturas, arquiteturas, fotos, conversas, história, sonhos, política, fofocas e etc. E agora você já sabe porquê sou gordinho! Esse sou eu, que entre todas essas coisas acima, ainda escrevo para você por aqui, neste site que também é uma delícia.



“Ultimamente a coisa se tornou mais complexa porque as instituições tradicionais estão perdendo todo o seu poder de controle e de doutrina. A escola não ensina, a igreja não catequiza, os partidos não politizam. O que opera é um monstruoso sistema de comunicação de massa, impondo padrões de consumo inatingíveis e desejos inalcançáveis, aprofundando mais a marginalidade dessas populações.”

(Darcy Ribeiro)

Há bastante tempo atrás, nosso saudoso Professor e Sociólogo Darcy Ribeiro, já tinha a decepção social em seu discurso, cujo me inclino a reverenciar, pois infelizmente é a constatação dessa realidade que vigora até os dias de hoje.

Baseado na discrença popular, na triste comprovação daa impotência de proporcionar a mudança necessária ao nosso povo de uma maneira geral. Escrevo essa crônica, baseada em história contada por um grande amigo e mentor. Resolvi dar o codinome (Mr. Jota), a título de preservar sua identidade.

O PALHAÇO,

Este ser, saborosamente alegre, com olhar triste e jeito doce, que nos conquista e a nossas crianças.

É o artísta mais inocente, pioneiramente mais incoerente, e que sempre conquista a mente da gente.

Nas lembranças de criança, quem não se lembra dele? Ir ao circo, ver o palhaço e soltar o riso. Gargalhadas de pura alegria e sensibilidade. Sensação gostosa de alegria e tranquilidade, que traduzia e traduz e inocencia da vida.

Riso, que se instala feliz em boca e bochecha, salienta as covinhas e traduz a energia elétrica do puro sentimento que se interliga cerebralmente.

Toda incoerencia voltada para alegria inocente do nosso inconciente. Aflorando, despertando e sobre tudo nos surpreendendo.

E como sou um ser abençoado e rodiado de amigos verdadeiros, cito o ensinamento de vida passado por meu querido e estimado Mr. Jota. Que ao ver a tristeza de outro, contou-lhe a história de um palhaço especial.

Um saltimbanco alegre que curava tristeza de todos que o assistiam, quando estava no templo sagrado do picadeiro.

Fazia milagres ao estimular pessoas tristes e arrancar-lhes sorrisos de pura alegria, por mais desesperados que fossem os seus telespectadores.

Certo dia, um rapaz muito triste, a fim de se curar da melâncolia que o assombrava, resolveu procurar auxílio profissional de uma pisicóloga.

Ao adentrar o consultório e se deitar no divan, contou o seu problema.

A especialista, consternada com seu paciente. Logo citou, e indicou. O palhaço que fazia o milagre do riso, e que curava todo tipo de melancolía de quem assistia ao seu espetáculo. Além do mais, essa apresentação era bem pertinho dali.

O rapaz respondeu a pisicóloga que esse palhaço não podería resolver o problema dele.

Ela o arguio com ar reprovador: Mais como tem certeza disso? Confie em mim. Você precisa de uma boa dose de riso. E isso, esse palhaço consegue fácil. Daí, sua tristeza desaparecerá por completo.

O homem se levantou. Se dirigiu para a porta e ao se retirar da sala e se despedir da Psicóloga, ele falou: Este palhaço não pode resolver o meu problema. Não consegue me fazer rir, pois esse palhaço sou eu.

“Nem melhor, nem pior...apenas diferente!!!”

Aos meus queridos leitores, deixo um cordial abraço macio e gordinho, assim como eu e até a próxima!

Lembro que meu facebook é (Delicia Tacima), meu e-mail é (drdeliciatacima@hotmail.com)

E que aceito a todos que me solicitam a amizade.
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top