Menu

Diário de Riachão Diário de Riachão Author
Title: Jovem morre em acidente com moto; DER e PM explicam alto número de ocorrências na PB 400
Author: Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
Um jovem de 19 anos morreu nessa segunda-feira (21), após perder o controle e cair da moto que pilotava pela rodovia PB 400, em Boni...
Um jovem de 19 anos morreu nessa segunda-feira (21), após perder o controle e cair da moto que pilotava pela rodovia PB 400, em Bonito de Santa Fé, região de Cajazeiras, a 493 km de João Pessoa, no Sertão da Paraíba.

De acordo com a Polícia Militar, o motoqueiro seguia numa Titan de placa-MOH-5962, sentido Bonito de Santa Fé/Monte Horebe e não conseguiu manter o controle do veículo ao passar por uma curva numa área conhecida como 'Ladeira do Chapéu'. Ele saiu da pista, sofreu uma forte pancada depois da queda e morreu no local.

O corpo foi removido por equipes do Instituto Médico Legal e levado para Patos, a 305 km de João Pessoa.

Desde o começo de outubro, pelo menos duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas, em menos de 20 dias, somente na PB 400.

DER e PM explicam

A PB 400 é uma rodovia estadual que tem cerca de 100 km e liga Cajazeiras a cidades como Conceição e São José de Piranhas, seguindo até a divisa de Paraíba e Pernambuco.

O Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER), que administra as rodovias estaduais, disse ao Portal Correio que o grande número de acidentes tem relação com imprudência. Apesar disso, o órgão reconhece que há problemas em parte da estrada e lembra que há muitas curvas e ladeiras, que merecem mais atenção por parte dos condutores.

Segundo o diretor de obras do DER, Hélio Cunha Lima, a PB 400 é dividida em três partes, sendo que uma delas está em ótimas condições, devidamente sinalizada, outra que passa por reparos e uma terceira que ainda vai receber melhorias porque tem problemas na estrutura.

Apesar disso, ele considera a imprudência dos motoristas como principal fator causador das tragédias. “O excesso de velocidade é um problema, bem como a presença de animais na pista. Reconhecemos que uma parte da estrada está velha, mas os motoristas devem ter mais cautela ao trafegar porque há muitas curvas e ladeiras naquela região, o que exige atenção redobrada”, diz o diretor.

A Polícia Militar em Cajazeiras, disse que a presença de animais na pista é um dos agravantes nas estradas do interior e também associa os acidentes à imprudência dos motoristas, que, em algumas situações, insistem em dirigir alcoolizados ou sem os equipamentos de segurança necessários.

As informações sobre a presença de animais na pista em estradas do Sertão foram compartilhadas pela Polícia Rodoviária Federal. Apesar do órgão tratar somente das BR’s, foi constatado que a maioria dos acidentes com bichos nas rodovias ocorre naquela região do estado.

PORTAL CORREIO
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top