Menu

Diário de Riachão Diário de Riachão Author
Title: Pesquisa alerta que adolescentes de 12 a 20 anos são vítimas de cyberbullying
Author: Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
Uma pesquisa realizada pelaEnjoy Safer Technology -ESET revelou que 30,7% dos adolescentes latino-americanos já sofreram bullying na in...
Uma pesquisa realizada pelaEnjoy Safer Technology -ESET revelou que 30,7% dos adolescentes latino-americanos já sofreram bullying na internet. O objetivo do levantamento foi conscientizar sociedade e internautas sobre o chamado cyberbullying, ou seja, perseguição, ameaça e humilhações contra uma pessoa na internet.

De acordo com a ESET, as principais vítimas têm entre 12 e 20 anos de idade e sofrem os ataques, principalmente, através de redes sociais (82,7%) como Facebook, Twitter e Google+; de mensagens instantâneas (23,1%); e-mails (22,5%), sites (9,2%), fóruns (8,7%) e blogs (6,4%).

A pesquisa da empresa especializada em detectar ameaças virtuais foi feita com 635 jovens no contexto da Semana da Não Violência, celebrada no mês passado, e constatou que em mais da metade dos casos apurados (52,6%), a perseguição se deu em forma de provocações. Outras formas comuns de ataques virtuais foram insultos, apelidos maldosos, publicação de informações, fotos ou vídeos privados das vítimas, além de ameaças.

A empresa alertou sobre a importância de as vítimas denunciarem os ataques sofridos para algum adulto como forma de combater este tipo de crime, já que mais de 80% dos entrevistados declararam não ter pedido nenhum tipo de ajuda. Para evitar essas situações, os especialistas recomendam que os adultos também usem o computador para acompanhar as atividades do adolescente na rede e detectar possíveis perigos, e conversem sobre os cuidados que se devem ter para evitar a exposição de informações íntimas e pessoais.

O controle sobre o uso da webcam, o cuidado no recebimento de arquivos, monitoramento de navegação e regras como horário e lugar para usar a internet também foram orientações dadas pelos especialistas da empresa.

O gerente de Educação e Serviços da ESET América Latina, Sebastián Bortnik, disse que é preciso tomar cuidado para prevenir situações de perigo, já que esta é uma tendência crescente na web. Para ajudar pais e crianças a se livrarem destes possíveis problemas, a empresa lançou o Guia de Proteção Infantil.

Adital
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top