Menu

O Diário de Riachão O Diário de Riachão Author
Title: Passarela cai sobre carros na Linha Amarela e deixa 4 mortos no Rio de Janeiro
Author: O Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
Um caminhão derrubou a estrutura de uma passarela por volta das 9h15 desta terça-feira na Linha Amarela, uma das principais vias expressa...
Um caminhão derrubou a estrutura de uma passarela por volta das 9h15 desta terça-feira na Linha Amarela, uma das principais vias expressas do Rio de Janeiro.

Pelo menos dois automóveis, um em cada sentido da via, foram esmagados pela queda. Quatro pessoas morreram, e pelo menos quatro ficaram feridas, de acordo com a concessionária Lamsa. A Linha Amarela está completamente interditada nos dois sentidos devido ao acidente.

A carreta com altura maior do que a permitida teria tentado passar por baixo da passarela, que tem cerca de 4,5 metros de altura, e assim derrubado a estrutura de metal. O veículo estaria com a caçamba erguida, de acordo com informações preliminares. O acidente aconteceu entre os acessos 4 e 5 da Linha Amarela, em Pilares, e causa grande engarrafamento nos dois sentidos da via.


O limite de altura da passarela é de 4,5 metros Foto: Google / Reprodução

O chefe executivo do Centro de Operações Rio, Pedro Junqueira, pediu que motoristas evitem a Linha Amarela por conta da operação de resgate das vítimas, em entrevista à rádio CBN. A concessionária Lamsa, que administra a rodovia, recomenda que motoristas busquem utilizar o Alto da Boa Vista ou a Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá.

O trânsito de caminhões é proibida na via antes das 10h. O veículo que derrubou a passarela seria da empresa Arco da Aliança e estava identificado com um adesivo da prefeitura. O secretário de Conservação garantiu, porém, em entrevista à Globo News, que o caminhão não prestava serviço à prefeitura, apenas tinha autorização para retirar entulho, e o adesivo é uma forma de credenciamento.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), foi ao local da tragédia e confirmou que o veículo trafegava em horário irregular. Os feridos em função da queda da estrutura foram levados para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, o Hospital Federal de Bonsucesso e o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier.

O Centro de Operações Rio acionou um plano de contingência por conta do acidente, e operadores orientam os motoristas nas ruas próximas à Linha Amarela. Agentes da Guarda Municipal foram mobilizados para realizar a escolta de veículos envolvidos na operação de socorro às vítimas. Os hospitais municipais Souza Aguiar, Miguel Couto e Lourenço Jorge receberam reforço de efetivo para atender os feridos. 

Pelo menos uma pessoa caiu no córrego que divide os dois sentido da via e foi resgatada por populares. O Corpo de Bombeiros retirou pessoas dos carros atingidos em uma operação de resgate que contou com a ajuda de helicópteros e pessoas que passaram pelo local. O trânsito está completamente interrompido na região; as saídas estão liberadas, mas há grande congestionamento e todos os acessos estão fechados. A Defesa Civil realiza vistorias no ponto do acidente.

Terra
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top