Menu

O Diário de Riachão O Diário de Riachão Author
Title: Falha no Word pode deixar que invasores acessem computador remotamente
Author: O Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
A Microsoft divulgou hoje um alerta sobre uma nova falha no Word. De acordo com a empresa, a vulnerabilidade CVE-2014-1761 já está sendo e...
A Microsoft divulgou hoje um alerta sobre uma nova falha no Word. De acordo com a empresa, a vulnerabilidade CVE-2014-1761 já está sendo explorada em ataques com foco no Word 2010.

Além do Word 2010, a falha também afeta os seguintes produtos:


A vulnerabilidade CVE-2014-1761 pode permitir a execução remota de códigos maliciosos no computador caso o usuário abra no Word um documento RTF especialmente criado ou pré-visualize ou abra uma mensagem de e-mail RTF no Microsoft Outlook tendo o Word como visualizador padrão.

Se a falha no Word for explorada com sucesso, o responsável pelo ataque pode obter os mesmos privilégios do usuário logado no momento.

Em seu boletim de segurança, a Microsoft afirma que a falha é causada quando o Word analisa dados formatados em RTF especialmente criados pelo responsável pelo ataque, causando assim a corrupção da memória e permitindo que ele execute códigos maliciosos no computador atacado.

No caso do Outlook, a falha só pode ser explorada se o Word for o visualizador padrão de e-mails. Vale destacar que o Word é o visualizador padrão de e-mails no Outlook 2007, Outlook 2010 e Outlook 2013.

Enquanto uma correção oficial para a falha no Word não é lançada, a Microsoft disponibilizou uma solução temporária na forma de um utilitário Fix it.
COMO UTILIZAR A SOLUÇÃO TEMPORÁRIA PARA A FALHA NO WORD
Clique na imagem abaixo para fazer o download do utilitário Fix it necessário:

Depois de baixar o utilitário Fix it, execute-o e siga as instruções na tela:

A Microsoft não informou quando a correção para a falha no Word será lançada, mas é possível que ela seja disponibilizada junto com as atualizações de segurança do mês de abril.

Baboo
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top