Menu

Diário de Riachão Diário de Riachão Author
Title: Enem tem 8,7 milhões de inscritos, aumento de 21,6% em relação a 2013
Author: Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 registrou 8,7 milhões de inscritos, um crescimento de 21,6% em relação ao ano passado, quan...
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 registrou 8,7 milhões de inscritos, um crescimento de 21,6% em relação ao ano passado, quando foram 7,1 milhões. Os dados, anunciados nesta segunda em coletiva do Ministério da Educação (MEC), superaram as expectativas do MEC, que era de 8,2 milhões de candidatos.

"Queria destacar esse crescimento de inscritos que foi acima das nossas expectativas. Esse crescimento demonstra o que a gente vem falando, que a sociedade brasileira despertou para a questão educacional, especialmente por conta de programas federais", afirmou o ministro da Educação, Henrique Paim.

Paim referiu-se a programas como as cotas para estudantes negros e da rede pública, o Fies, o ProUni, o Sisu e o Ciência sem Fronteiras. "Todos são estímulos para a participação dos estundates", disse Paim.

Do total de inscritos, 1,7 milhão são estudantes que vão concluir neste ano o Ensino Médio. Como a expectativa é de haja 1,8 milhão de matriculados no último ano da educação básica, o número mostra a "universalização do Enem", afirmou Luiz Cláudio Costa, presidente do Inep - órgão do governo federal responsável pela organização do Enem. "Quase todos os concluintes farão a prova."

Entre os Estados que mais cresceram em participação destaca-se o Amapá, com um aumento de 33%, e o Distrito Federal, que registrou um acréscimo de 29%. Nesse caso, a procura está relacionada ao fato de Universidade de Brasília (UnB) considerar, a partir deste ano, o Sisu como forma de seleção.

Os Estados campeões em inscritos são São Paulo, com 1.324.486, e Minas Gerais, com 979.259.

Perfil do inscrito

Entre os inscritos, 57,91% são negros, 37,7% são brancos, 2,15% são amarelos e 0,62% são indígenas. 1,59% não declarou. A maioria é composta por mulheres (58,11%), os homens somam 41,88% dos inscritos.

Do total de inscritos, 57,17% comprovaram carência e, por isso não pagaram a taxa de R$ 35; 16,33% são isentos porque estudam na rede pública e 26,48% pagaram. A maioria dos inscritos, 85%, têm entre 15 e 29 anos. 

Provas

O Enem será aplicado nos dias 8 e 9 de novembro. No sábado (8), os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, das 13h às 17h30. No domingo (9), serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. 

A nota do exame pode ser usada para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que disponibiliza vagas no ensino superior público. Desde o ano passado, todas as 59 universidade federais adotaram a prova como critério de seleção para os novos alunos. No total, foram 117 mil vagas em instituições públicas preenchidas via o exame.

O Enem também é pré-requisito para o estudante participar do Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas em instituições privadas; e o Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos. Quem quer firmar contratos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) também precisa ter feito o Enem.

Mesmo aqueles interessados em universidades que não adotam o Enem, como a USP, precisam fazer o exame caso queiram obter bolsas de intercâmbio pelo Programa Ciência sem Fronteiras.


IG
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top