Menu

Diário de Riachão Diário de Riachão Author
Title: Zé Maranhão afirma que a candidatura de Vitalzinho e a dele representam o espírito da resistência
Author: Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
O presidente da executiva estadual do PMDB na Paraíba, José Maranhão disse durante o seu pronunciamento na convenção partidária realizada...
O presidente da executiva estadual do PMDB na Paraíba, José Maranhão disse durante o seu pronunciamento na convenção partidária realizada neste domingo (29), que a candidatura de Vital do Rego Filho, ao governo do Estado, e a dele para o Senado da República representavam o compromisso com o espírito de resistência dos paraibanos.

Maranhão ressaltou que não foi fácil chegar ao posicionamento de manter a candidatura do partido porque dentro do próprio PMDB havia opiniões divergentes. Conforme o presidente, a cúpula partidária passou mais de vinte dias discutindo todas as possibilidades e que a sua ideia foi sempre pelo o posicionamento da candidatura própria.

Ele disse ainda que havia outros membros que achavam que o PMDB estava desprovido de força material, que era melhor que o partido fizesse uma aliança. A primeira foi feita com o PT em meio a muitas dificuldades, mas foi honrado o compromisso com a nacional por conta do engajamento do projeto de reeleição da presidente da República Dilma Rousseff e de Michel Temer, que é presidente nacional do PMDB.

“Esse projeto foi assumido por inteiro e não andamos serpenteando na tentativa de enganar o povo paraibano que nunca se deixou se enganar. O PMDB é honrado, é sincero, o PMDB não trai a ninguém e é por isso que nós estamos aqui neste ato cívico que foi feito sem nenhum atrativo, mas sim através de um convite simples que mandamos para todos os companheiros e acabamos por encher esse espaço sem oferecer nada a ninguém. O que nos anima é o próprio compromisso que envolve todos os paraibanos que querem mudança”, destacou.

Segundo Maranhão, os paraibanos querem uma mudança verdadeira e não a troca de guarda e nem a aparente de quem passou 3 anos e 9 meses no governo e agora se apresenta como oposição. Para o ex-governador, não há ilusões entre eles porque sabem que vão enfrentar uma luta dura, assim como sempre foi a sua trajetória política desde 1964 quando enfrentou a era da Ditadura em prol dos paraibanos pagando até mesmo um preço alto porque foi cassado e teve os seus direitos políticos suspensos.

Com relação à composição do vice na chapa do PMDB, Maranhão não confirmou nenhum nome, mas espera reproduzir a aliança nacional na Paraíba, tanto é que a Ata da convenção que será homologada junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, no próximo sábado (05), ficou em aberta. Os peemedebistas esperam um novo posicionamento do Partido dos Trabalhadores.


Hacéldama Borba
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top