Menu

Diário de Riachão Diário de Riachão Author
Title: Coligações de Cássio e Ricardo suspendem campanha após tragédia com Eduardo Campos
Author: Diário de Riachão
Rating 5 of 5 Des:
Eduardo Campos e Ricardo Coutinho cumpriram agenda de campanha, ao lado de Marina Silva (Rede), no final de semana em João Pessoa e em Pat...
Eduardo Campos e Ricardo Coutinho cumpriram agenda de campanha, ao lado de Marina Silva (Rede), no final de semana em João Pessoa e em Patos.

O candidato Ricardo Coutinho (PSB), que disputa a reeleição ao Governo do Estado, não quis se pronunciar até agora sobre a morte do companheiro de partido e presidenciável Eduardo Campos. As informações que chegaram à redação do Portal Correio são de que Ricardo ficou extremamente abalado quando soube da informação da queda do avião com o presidente nacional do sue partido.
Eduardo Campos e Ricardo Coutinho cumpriram agenda de campanha, ao lado de Marina Silva (Rede), no final de semana em João Pessoa e em Patos. Eduardo, em entrevista aos veículos de comunicação de outros estados, prometeu copiar o modelo do projeto 'Cidade Madura', do governo paraibano, para o seu plano de governo, caso eleito. 

O presidenciável Aécio Neves (PSDB) cancelou toda agenda de campanha e não virá mais à Paraíba. A confirmação foi do próprio candidato a governador, senador Cássio Cunha Lima. A assessoria do candidato divulgou nota oficial confirmando a alteração da agenda. 

Na nota, o candidato Cássio Cunha Lima diz que em contato com Aécio Neves diz que decidiu suspender os comícios programados para os municípios de Santa Luzia, Patos e Pombal, "diante da consternação pela morte oficialmente confirmada do ex-governador de Pernambuco".

Segundo Cássio, "mais do que um homem público exemplar e um dos mais notáveis líderes de sua geração, Eduardo Campos era amigo pessoal há muitos anos e sempre nutriu um carinho especial, extensivo à toda Paraíba".

A assessoria de Cássio informou ainda que nas próximas horas, serão divulgadas novas informações sobre a agenda do senador e da coligação, "diante das lamentáveis circunstâncias".

No perfil oficial do Rede Sustentabilidade, o partido de Marina Silva, que esteve com Campos na Paraíba no último final de semana, comentou: "Todos estamos chocados com a morte de Eduardo Campos, em queda de avião hoje de manhã. Marina Silva agora para Santos (SP)". 

A coligação ‘A Força do Trabalho’, encabeçada pelo PSB e que tem Ricardo Coutinho como candidato a governador do Estado, publicou nota oficial sobre o acidente. A coligação "vem publicamente externar seu profundo pesar pela morte do candidato à Presidência da República e ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), vítima de um acidente aéreo na manhã desta quarta-feira (13), em Santos (SP). Em virtude da tragédia, a coligação informa o cancelamento de todas as atividades de campanha nesta quarta e quinta-feira."

Candidato a governador pelo PMDB, o senador Vital Filho também se pronunciou sobre a morte de Campos. "Lamento profundamente, em meu nome e em nome do povo paraibano que represento, o trágico acidente que ceifou precocemente a vida de um dos políticos mais brilhantes da nossa geração", disse.

Na nota ele enfatiza; "Estendo minhas condolências à mãe, à esposa, aos filhos e aos demais familiares, amigos e correligionários de Eduardo Campos e abraço o povo do estado-irmão de Pernambucano pela perda irreparável de um dos seus mais ilustres filhos".

Por fim, diz Vital: "Peço a Deus que dê forças a todos os que sofrem neste momento de grande comoção nacional e que, na Sua imensa grandeza, o nosso Pai Celestial acolha Eduardo Campos e as demais vítimas dessa lamentável fatalidade".

Portal Correio
Reações:

Sobre o Diário de Riachão

Publicidade

Postar um comentário Blogger

Comente esta notícia

 
Top